Sobre nós…

Situada nas fraldas da serra de Montemuro e na margem direita do rio Paiva, deste lhe adveio o justo cognome de Princesa do Paiva.

Rodeada de montes a toda a volta, excepto a poente, Alvarenga é um profundo vale, onde os campos são verdes quase o ano inteiro, os caminhos enfeitados pelas latadas de videiras e as casas separadas por meio de quintais.

As origens de Alvarenga perdem-se no tempo. Há referências em documentos que datam do ano de 875. Em 1514 pertencia à Comarca de Lamego e detinha a categoria de concelho – teve cartório Notarial, casa da Câmara, cadeia, Brasão de Armas e Pelourinho (visível ainda hoje no largo de Trancoso)- até 1836 quando passou a freguesia do concelho de Arouca.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: